Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2020

Uma partida de futebol

Imagem
  S ão quase cinco horas da tarde em Araguatins e um clássico juvenil se desenrola no campinho localizado entre a igreja e a Praça da Bandeira: Vasco X Goiás. O Vasco é um time melhor, e quando termina o primeiro tempo já vence o jogo por sete a zero; e entre os jogadores esmeraldinos o clima não está muito bom. Da calçada da igreja, a torcida acirra ainda mais os ânimos. Chico, Felim, Davi, Azeitona, Vande e Zé do tio Gregório; e a turma do Café Marivete:   Antônio Filho,  e meus parentes  Cará, Cupu, Zezé, Leninha e Maria Santana. Vande é quem dá a sugestão:  - Coloca o primo Cláudio, que ele é muito bom de bola.  Diz ele, enfático. Obviamente, está de sacanagem.  Ele insiste e diz que eu sou um ótimo jogador, um excelente atacante, um goleador; e que o Goiás deve tirar alguém e me colocar no time se quiser reverter o placar.  Alheio ao impasse, eu devoro uma manga e observo o discurso de meu primo. Em su a  cadeira de macarrão,  Maria faz crochê, balança a cabeça e sussurra para Len

Maria Boto, a filha das águas

Imagem
J á é madrugada e na praia do Saranzal a luz da lua reflete nos olhos que veem Corina deslizar nas águas calmas do rio Araguaia. A noite é quente e ela está nua.  Braços fortes e mãos firmes enlaçam seu corpo, e dedos furtivos invadem a sua intimidade juvenil; a moça sente arrepios de prazer.  Ele é astuto e a provoca. Entorpecida de paixão a virgem se entrega; e com ferocidade, o homem de pele rosada desfruta de sua pureza. A sinfonia das águas é corrompida pelos gemidos sufocados de Corina. Ávido, ele respira ofegante e urra como um animal.  E la se deixa fecundar.  Exausta, deita na areia fina; ao lado estão suas roupas, o chapéu e as vestes brancas do galante sedutor. E quando a manhã chega e ela desperta, ele já partiu.  -  O bucho é do boto, painho. Ele me engabelou direitinho, o safado...  Lamenta Corina, toda   chorosa. A mãe, agoniada, bate na mesa e repete:  -  Banho de rio, de paquete, não pode... atrai o boto. Eu já tinha te avisado quando ficou moça... Mas