Memórias

O palhaço Carequinha

Em nossa casa sempre teve muita música.

Na infância, lembro que ficávamos, após o jantar, ouvindo nossos discos de vinil.

Mamãe, como a maioria das mulheres da época, tinha todos os discos do Roberto Carlos.

Papai gostava de Felicidade, a música de Lupicínio Rodrigues que Caetano Veloso interpreta na coletânea de sucessos As 14 mais.

Essas coletâneas com músicas de diversos artistas, nos possibilitava uma variação musical que ia de Odair José e Diana a Gal Costa e Gilberto Gil.

Como eu era o filho mais novo, tinha a minha disposição algumas coleções de pequenos discos com histórias infantis, os discos compactos. E tinha os discos do Carequinha.

Para mim, eram estes, os mais preciosos itens daquela coleção; afinal, o Carequinha foi o mais notório palhaço brasileiro.

Era filho de trapezistas e, literalmente, nasceu no picadeiro de um circo no interior do Rio de Janeiro.

Começou a atuar como palhaço Carequinha aos cinco anos de idade, em 1920; e além do circo e dos discos, trabalhou no rádio e na televisão.

Era de uma época em que um simples riso valia muitos sorrisos, e um palhaço conseguia viver de sua arte.

Ficou conhecido em todo o Brasil e fora dele; ganhou a medalha de ouro de palhaço moderno no mundo, e é considerado por muitos como o rei dos palhaços.

Seu riso, iluminado, contagiava as crianças que se derretiam em largas gargalhadas.

Com sua arte, Carequinha atualizou as definições de palhaço, que de ingênuo, imaturo, bobão e perdedor, se tornou o herói da criançada; e trazia consigo sempre uma mensagem positiva.

Era diferenciado e inovador. Em 1968 lançou “O Baile do Carequinha”, primeiro álbum psicodélico de músicas infantis que se tem notícia no mundo.Uma raridade.

Em 1976, aos 61 anos de idade, participou do filme Carequinha, de pouco mais de oito minutos de duração, um belo recorte, produzido pelo cineasta Roberto Machado Júnior.

Era, o sorriso, a sua marca registrada.

E o palhaço se eternizou no dia 5 de abril de 2006.


Texto: Cláudio Duarte

Conheça mais:

Carequinha: https://www.youtube.com/watch?v=XNl4a4L8FbI

O baile do Carequinha: https://www.youtube.com/watch?v=JHXPPTvmUAw&t=719s

Palhaço Carequinha: https://www.youtube.com/watch?v=kobt8dFgi0w

Postagens mais visitadas deste blog

Álbum de figurinhas

Maria Boto, a filha das águas

A parede de caramelos